X
Cadastre-se e concorra a um Tablet novinho! O sorteio será realizado no dia 30/09/15.

Presidenta Dilma promete anunciar incentivos à economia

01/07/2012 |
Compartilhar

 Entre agosto e setembro novas medidas do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2 deverão ser anunciadas para estimular a economia brasileira. “Nós estamos focando a questão de energia elétrica. Além disso, o governo vai investir na área de portos, aeroportos, ferrovias e rodovias”, disse a presidenta Dilma Rousseff, durante a Olimpíada de Londres.

O governo prevê anunciar queda de 10% no custo da energia elétrica ainda no início deste mês. “A energia na origem e na geração é barata. Mas, ao longo do caminho, vai encarecendo. O que nós estamos fazendo, basicamente, é retirar os obstáculos do meio do caminho, para que ela chegue na ponta por um preço mais baixo”, disse Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, durante a apresentação do balanço do PAC 2.

Contas de Consumo de Combustíveis – CCC, Contas de Desenvolvimento Energético – CDE e Reserva Global de Reversão – RGR possivelmente serão os encargos extintos, comentou Lobão. “Deveremos mexer também no Proinfa (Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica)”, acrescentou.

Balanço do PAC 2. Segundo o Ministério do Planejamento, em um ano e meio, o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2 injetou R$ 324,3 bilhões na economia brasileira. O investimento representa 34% do total previsto até 2014.

Pagamentos e empenhos feitos com recursos do Orçamento Geral da União – OGU, de janeiro a julho de 2012, somam R$ 19,7 bilhões, valor 32% maior frente ao mesmo período do ano passado, R$ 14,9 bilhões. O valor empenhado, no mesmo período, teve aumento de 57%, atingindo R$ 18,3 bilhões.

Dentre os estímulos elogiados pela indústria, estão a queda histórica da taxa Selic (atualmente em 8%), a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo – TJLP (de 6% para 5,5%), as desonerações nas folhas de pagamento e desonerações do IPI.

Alfinetada na GM. No momento em que a General Motors – GM sinaliza uma possível demissão de 1.500 funcionários da fábrica da montadora em São José dos Campos, interior de São Paulo, a presidenta Dilma fez questão de enfatizar que os incentivos fiscais concedidos para as empresas, como a desoneração do Imposto de Produtos Industrializados – IPI, devem ter como contrapartida a manutenção “do emprego e a renda do povo brasileiro”.

Fonte: http://blog.nei.com.br/

  • Assistência Técnica (19) 2534 9426
  • Administração (19) 2534 9412
  • Vendas (19) 2534 9400
Merax Máquinas e Equipamentos
Avenida Francisco Luiz Rasera, 825   Água Branca   CEP 13425-084   Piracicaba   SP   Brasil
merax@merax.com.br
Desenvolvido por index soluções
Merax Máquinas e Equipamentos
Avenida Francisco Luiz Rasera, 825   Água Branca   CEP 13425-084   Piracicaba   SP   Brasil
merax@merax.com.br
Desenvolvido por index soluções